domingo, 10 de abril de 2011

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES PARA A CONFECÇÃO DE SUA ÁRVORE GENEALÓGICA


Você está animado em fazer a sua genealogia?

Você precisa saber de alguns detalhes importantes, antes de iniciar sua árvore genealógica, leia esta página até o final, e não deixe também de consultar o site BrazilGenWeb e fazer sua inscrição, porque sua árvore genealógica não tem apenas uma família para ser pesquisada, e nesse site você encontrará muitas fontes de informações sobre como pesquisar, além de mapas de época, história etc... Apenas retirei informações do site BrazilGenWeb e do site de Luiz Polito, Bauru-SP sobre os pontos que acho importantes para você iniciar a sua árvore genealógica, e mantive os links da página original, para que possa facilitar sua consulta.

Para a grande maioria das pessoas, é muito desanimador a idéia de começar a árvore genealógica, porque não sabem por onde começar, e sequer tem a menor idéia de como começar. Tentarei nessa página simplificar os passos de como você deverá fazer sua árvore genealógica., e depois quem sabe a continuação dela.

Nomes

No Brasil os nossos ancestrais nascidos antes de 1800, escolhiam os sobrenomes dentre muitos sobrenomes dos ancestrais de seus pais, amigos, o até mesmo de lugares. Assim, os vários irmãos de uma mesma família, normalmente tinham cada um sobrenomes diferentes. Além disso também era muito comum encontrar os nomes registrados de maneiras bem diferentes em vários documentos, por exemplo: Souza (sa) Muniz (is), etc.., tive um amigo que veio da Síria, e que o sobrenome dele era Menen, e na hora que fizeram um novo registro para ele no Brasil, pois na viagem de vinda havia perdido seus documentos, o cartorário registrou-o com o sobrenome Mounem, sendo assim a pesquisa genealógica acaba se tornando bastante complicada. Somente no começo do século XIX é que os pais começaram a manter seus sobrenomes e a situação começou a melhorar. Portanto você poderá encontrar na sua pesquisa genealógica, muitas variações dos nomes na mesma família, sem contar que muitos imigrantes antes desse período, e era um padrão usado naquela época, e escolhiam o nomes de seus filhos na do batismo, seguindo mais ou menos as variações abaixo:

  • Os primeiros dois filhos e filhas, recebiam os nomes dos quatro avós.

  • O terceiro filho, o nome do pai

  • O quarto filho, o nome do irmão mais velho do pai

  • A terceira filha, o nome da mãe

  • A quarta filha, o nome da irmã mais velha da mãe

  • Ou então, colocavam no final do nome as cidades de onde vieram, por exemplo: Guimarães (aquele que veio da cidade de Guimarães, em Portugal), Lisboa ( aquele que veio da cidade de Lisboa em Portugal) ou escolhiam o sobrenome do padrinho de batismo, existem inúmeras histórias para a escolha do nome etc..


    LEIA MAIS CLICANDO AQUI http://www.genealogiafreire.com.br/faca_sua_arvore_genealogica.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário